quinta-feira, 6 de março de 2014

"Dictionnaire des Philosophes Médiévaux", de Benoît Patar

Por Wagner de Souza



     Sínthese pouco mais ou menos completa das Doutrinas capitais da Antiguidade agonizante e da Média Idade, este "Dictionnaire des Philosophes Médiévaux", de Benoît Patar, está destinado a figurar entre as inestimáveis contribuições aos estudos medievais. Pedro Abelardo, Duns Scot, Buridan, Ockham, Thomas D´Aquino, etc, a par de eminentes philósophos árabes como Al-Fârâbî, Avempace, Avicena, Averrois, e judeus como Maimônides, Gersónides, tanto quanto Sábios, Traductores e Mysticos seus contemporâneos constam, aí, entre os contemplados neste volume. É obra de insophismável importância e deve postar-se entre as que são indispensáveis a uma boa educação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário